Análises clínicas, o que eu preciso saber?

Você sabe que os exames de análises clínicas são as principais formas utilizadas pelos médicos para complementar o exame clínico e acompanhar as condições de saúde de um paciente, não é mesmo?

Além da coleta do material, as análises clínicas são marcadas pelo trabalho dos profissionais e tecnologia envolvidos.

Então, nesse post queremos explicar o que é análises clínica, como funciona e para quê serve.

Análises clínicas: o que isso significa?

As análises clínicas são um conjunto de exames com a finalidade de verificar o estado de saúde de um paciente ou investigar doenças, como os chamados exames de rotina, check-ups, dentre outros.

A análise é feita através do estudo de material biológico colhido do paciente, como por exemplo, sangue, urina, saliva, fezes, esperma, fragmentos de tecido, líquido sinovial, pleural, líquido cefalorraquidiano, pus, etc. A coleta pode ser feita no próprio laboratório onde são feitas as análises ou em locais como um hospital, clínica, postos de coleta ou até mesmo no domicílio e local de trabalho do paciente.

Os laboratórios de análises clínicas estudam cada uma dessas amostras em especialidades específicas, conforme o composto bioquímico ou suspeita clínica que se pretende investigar. Alguns exemplos de setores são:

  • hematologia
  • bioquímica
  • imunologia
  • urinálise
  • microbiologia
  • parasitologia

Tipos de exames de laboratoriais

Conforme vimos anteriormente, os laboratórios de análises clínicas são divididos em setores que estudam especificamente cada uma das amostras biológicas colhidas. A seguir, apresentamos os tipos de exames executados em cada uma destas áreas e seu propósito. Acompanhe.

No setor de bioquímica, os exames realizados dizem respeito a investigação do funcionamento dos processos metabólicos do organismo. São exemplos: glicose, colesterol, triglicerídeos, exames de função hepática, função renal, função cardíaca, eletrólitos, etc.

O setor de hematologia, por sua vez, investiga condições relacionadas ao sangue e suas frações, sendo o Hemograma o exame mais comum entre as solicitações médicas dentro deste grupo. Este tipo de exame é frequentemente solicitado devido à relevância do sangue em sinalizar alterações em diferentes partes do organismo, já que este sistema de vasos conecta todo o corpo.

No setor de hormônios, moléculas produzidas por glândulas e que exercem efeito específico sobre uma ou mais partes do corpo, os exames dizem respeito a função tireoideana, reprodutora, entre outros. Dosagens de PSA e TSH são exemplos de exames que compõem este grupo.

Doenças relacionadas a alterações na capacidade de defesa do organismo (imunidade) e resposta contra infecções como a rubéola, a toxoplasmose e a dengue, são investigadas no setor de imunologia.

O setor de microbiologia realiza exames como cultura de urina, orofaringe e outras secreções. Esses exames balizam o diagnóstico de doenças infecciosas relacionadas, por exemplo, à atividade bacteriana nociva no organismo.

Assim como o hemograma, a análise de urina pode ser muito importante para a detecção de determinadas substâncias capazes de indicar a presença de alguma patologia que não apresente sintomas. É no setor de uroanálises que essa investigação irá começar.

Por fim, é no setor de parasitologia onde se pesquisa a presença de determinados microrganismos como vermes e alguns protozoários. Lá são realizados exames como: parasitológico das fezes, pesquisa de sangue oculto, entre outros.

Uma informação que muita gente desconhece é que as análises microscópicas de células e tecidos provenientes de biópsias também são uma categoria de exame de análises clínicas.

Quais as etapas dos exames?

No laboratório ou outra unidade de coleta, o paciente terá a as amostras biológicas recolhidas por um profissional habilitado que vai manipular e armazená-las adequadamente.

Em seguidas as amostras serão encaminhadas para os setores relacionados no laboratório, conforme sinalizamos anteriormente, onde serão analisadas para, ao final, ser emitido um laudo diagnóstico.

Hoje, com os avanços tecnológicos, essas análises são feitas com o auxílio de aparelhos automatizados que garantem resultados mais precisos. O uso deles evita erros comuns, como uso de unidades erradas, erros de digitação, etc.

Por isso, na hora de escolher um laboratório para realizar seus exames, fique atento se este utiliza aparelhos tecnológicos modernos, além, claro, de contar com equipe de profissionais qualificados.

Profissionais que trabalham com análises clínicas

A análise dos fluidos pode ser executada por diversos profissionais da saúde, tais como biólogos, bioquímicos, biomédicos, farmacêuticos, médicos e veterinários.

Para a coleta do material, enfermeiros ou técnicos em análises clínicas costumam ser mobilizados, na rotina dos laboratórios e hospitais.

Ao profissional bacharel cabem as responsabilidades e competências legais sobre efetuar liberação de laudos, resultados e perícias, assim como responder sobre o laboratório e possíveis erros cometidos.

A importância das análises clínicas

Agora que você já sabe um pouco mais a respeito das análises clínicas, rotinas em um laboratório e os profissionais envolvidos, que tal considerarmos a importância dos exames laboratoriais?

Um médico conta com alguns recursos para acompanhar a saúde de um paciente, tais como o testemunho deste, sua própria observação dos sintomas, entre outras práticas similares.

Com esses recursos, os médicos geralmente chegam a uma hipótese sobre uma possível patologia que possa estar em desenvolvimento.

Neste contexto, os exames de análises clínicas são um dos recursos mais eficientes que um profissional de saúde tem a sua disposição. Com eles, é possível avaliar parâmetros e analisar de forma minuciosa a condição de saúde de determinado paciente.

A recomendação médica é que um check-up com exames laboratoriais seja feito anualmente.

Ao submeter-se a essa rotina, o paciente ganha a vantagem de diagnosticar doenças ou qualquer outra alteração no organismo a tempo de um tratamento mais eficiente.

O Ciac está a sua disposição e tem um leque completo de exames. Quer saber mais sobre a gente? Clique aqui.